Açores-06-2012-FEDER-000014

 

Designação do Projeto: Gestão de Resíduos Sólidos no Concelho de Praia da Vitória

Código do Projeto: AÇORES- 11-2015-11

Objetivo Principal: Valorizar os resíduos, reduzindo a produção e deposição em aterro, aumentando a recolha seletiva e a reciclagem.       

Entidade Benificiária: Praia Ambiente, E.M.

Custo Total Elegível: 452.255,00€

Apoio Financeiro da União Europeia: FEDER

Descrição:  A operação consiste no reforço da rede municipal de recolha seletiva de resíduos do concelho de Praia da Vitória , o qual será realizado através da ampliação da rede de ecopontos, passando de 85 ecopontos para 260, distribuídos pelas freguesias do concelho, integrados num sistema de deposição de resíduos urbanos de ecoilhas, e da ampliação da rede de pontos de recolha de óleo alimentar usado, passando de 11 para 22 oleões distribuídos pelo concelho.

O sistema de ecoilhas, consistirá num conjunto de cinco equipamentos de deposição, três para a deposição seletiva de embalagens (vidro, plástico/metal e papel/cartão), um recetáculo para pilhas e um contentor de 800 litros para indiferenciado.

Serão adquiridos 175 ecopontos de 2,5 m3, com recetáculo para pilhas, 260 contentores de 800 litros e 11 oleões.

Tendo em conta a expansão da rede de ecopontos e, o consequente, aumento de resíduos de embalagens separados, tornar-se-á necessário proceder a aquisição de uma viatura de grua para recolha dos ecopontos, a qual irá em conjunto com atual viatura de recolha cobrir a totalidade da rede de recolha seletiva.

Para que a implementação dos ecopontos no concelho de Praia da Vitória se traduza em resultados positivos, em termos quantitativos e qualitativos dos resíduos separados pela população e assim, se verifique uma diminuição dos resíduos depositados em aterro e um aumento da sua valorização e reciclagem, é fundamental o desenvolvimento de uma campanha de sensibilização e educação ambiental.      

Resultados: Tendo em conta os valores da produção de resíduos previstos e o acréscimo de resíduos recicláveis prevê-se que a concretização da operação irá permitir por si só um aumento da taxa de reciclagem de 20% em 2015, para 25% em 2017, pelo que em 2020 chegará aos 28%, no concelho da Praia da Vitória.